Os Encontros com as Pessoas, as Presidências Abertas da Câmara Municipal do Funchal, prosseguiram ontem o seu calendário de atividades na freguesia da Sé, com uma visita à sede da UMAR Madeira – União de Mulheres Alternativa e Resposta, uma associação de defesa dos direitos das mulheres, que comemorou 40 anos no ano passado.

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, foi acompanhado pelo Executivo Municipal, e percorreu as instalações da Associação, no edifício 2000, que foram cedidas pela Câmara à UMAR, antes da reunir com a respetiva Direção, representada por Assunção Bacanhim e Conceição Pereira, para debater os desafios que a Associação enfrenta atualmente e alguns projetos de futuro.

Paulo Cafôfo começou por enaltecer “os mais de 40 anos de História do ativismo das mulheres na Madeira”, antes de considerar “que é com muito gosto que nos reunimos aqui hoje com a UMAR no âmbito das nossas Presidências Abertas, porque esta é uma Associação com quem temos trabalhado de perto, e que tem sido instrumental em muito do trabalho que tem sido feito por este Executivo no campo da Igualdade de Género.”

Recorde-se que Guida Vieira, Presidente da UMAR Madeira, é a Conselheira Municipal da Igualdade, e que a CMF introduziu, nos últimos anos, várias medidas de referência neste campo, como a publicação de um Plano Municipal para Igualdade de Género, um Dia Municipal da Igualdade e, ainda, com a entrega do Prémio Municipal Maria Aurora.

Paulo Cafôfo rematou que “estas mulheres foram e são um enorme exemplo, numa luta que tem de ser de todos e em nome de conquistas que são tudo menos adquiridas”, incentivando “a que nunca falte a coragem de continuarmos a fazer este caminho juntos.”